REVIEW - Máfia, Yakuza, Redundância e Colares - Nisekoi

0
  • domingo, 12 de fevereiro de 2012
  • Robert Reis
  • Marcadores: , , , , ,



  • Dae pessoal! Só vou logo informando que essa agora vai ser a peridiocidade do blog, por causa do tempo que eu tenho pra escrever a o nível de motivação que estou agora. Mas quando eu postar, vou fazer isso com uma bela de uma qualidade... De merda, já característica dos meus textos... De merda! Enfim, depois do meu rage contra mim mesmo, começarei a falar sobre o mangá de hoje. Siiiim, hoje é um mangá, até porque esse é dos novos. Nem chegou na casa dos 20 capítulos. O autor desse mangá teve com esse mangá, teve sua segunda série na Jump. Antes dessa série ele escreveu Double Arts, que não teve bons resultados e teve um one-shot publicado, chamado Island. E antes dessa série, o título já havía sido lançado como one-shot na Jump Next. O autor dessa série é bastante elogiado por suas histórias sempre consistentes, envolventes de veras interessantes. Lendo o começo desse mangá eu fui obrigado a concordar. O mangá de hoje é Nisekoi.




    Nisekoi conta a história de Ichijou Raku, um aluno que tenta se enturmar com as outras pessoas da sua sala, mas por uma peculiaridadezinha d destino, não consegue, e Kirisaki Chitoge que sofre do mesmo problema peculiar pra se enturmar, só que ela não é gentil e pacífica, assim como o Raku, não na sua verdadeira forma de gorila, metaforicamente falando, revelada, para sua família e para Raku. A pequena peculiaridade que envolve esses dois, é que ambos são de famílias que estão envolvidas em organizações criminosas. A família do Raku é da facção da Yakuza, chamada Shuuei e a família da Chitoge, digamos que é uma Famiglia, se é que me entendem. Estava lá, Raku, indo pra escola, chegando na escola, tomando uma joelhada na face de uma menina estranha que pulou de cima do muro que tem mais de 2 metros de altura (DOIS FUCKIN METROS DE ALTURA). E aquela menina acrobata, foi "coincidentemente" parar na sala do Raku e se apresentou como Kirisaki Chitoge, ao que parece eles não se deram muito bem.

    Um tempo depois, Raku percebe que seu colar importante, em forma de cadeado, o qual ele fez uma promessa, foi perdido na voadora de joelho na testa do Raku proporcionada pela Chitoge, logo, nada mais justo do que ela ajudar o Raku a achar a peça, o que me faz parecer que fez a raiva dela por ele aumentar um tico, será Arnaldo? O ponto máximo da história se foca nas (estranhas) famílias dos personagens. Os chefes da Yakuza e o da Máfia são velhos amigos e querem se entender nos "negócios" também, mas os jovens membros das organizações são muito fanfarrões e só querem saber de exterminar o inimigo. A solução encontrada pelos líderes foi casar seus filhos para que haja paz entre as duas organizações. Mas vocês lembram quem são as duas crianças herdeiras das famílias? E além de se odiarem, Raku e Chitoge agora são namorados, depois de muitas confusões envolvendo os membros das duas organizações a maioria deles aceitaram o relacionamento, menos Claude, o fiel guarda-costas de Chitoge. E é a partir do Stalkismo do Claude, do falso amor entre os personagens principais e o amor verdadeiro de Raku por outra colega de sua classe, Onodera que a história se desenrola.


    Nisekoi é uma obra de Komi Naoshi que, como já dito anteriormente, já teve outra série sua publicada na Shonen Jump, Double Arts, que foi publicada de 24 de Março à 4 de Setembro de 2008. Além disso, ele é o mangaká do, já comentado por aqui, mangá de sci-fi, Apple. O one-shot de Nisekoi foi lançado na Jump Next em 8 de Janeiro de 2011, com boa aceitação. Todos os trabalhos de Komi Naoshi são inegavelmente bons, com histórias que tocam, bom, até a chegada de Nisekoi foi assim, se não me falha a memória. A série de Nisekoi começou a ser publicada na Shonen Jump em 07 de Novembro de 2011 e segue firme e forte até agora, com ótimos números para um mangá de comédia romântica. Sabemos disso pelos fracassos consecutivos de Harisugawa nas ToC's. Nisekoi tá garantido por enquanto se continuar do jeito que está. 


    E é isso aí pessoal, Nisekoi está se consolidando no meio da ToC da Jump e não está nem perto de ser ameaçado. Que meus votos para que os trabalhos do Naoshi fiquem cada vez mais interessantes, para que continuem sempre com essa qualidade característica das suas obras, sejam ouvidos. O cara tem talento para fazer coisas bonitas, e está se mostrando um tiozão engraçadão com Nisekoi. Só pela imagem acim já vale uma conferida, não é mesmo? Esse mangá tem momentos realmente hilários, mas talvez algumas pessoas não se indentifique com os pseudos-romances da série. É tudo bem construído, mas tem aquele lance de que gosto é gosto. Vale à pena ao menos a conferida, será dificil você se decepcionar. E comparado com Harisugawa, esse é um shoujo com a cara da Jump, se isso quer dizer alguma coisa. E esse post acaba por aqui. Fiquem com mais uma apresentação da AnimeSongs Collabo, que não sei se vai mais atualizar o canal do youtube, com o encerramento de Bakuman 2. Sem mais! See ya!

    0 comentários:

    Postar um comentário

     
    Copyright 2011 OtaKrazy Blog