REVIEW - Um mangá sobre heróis com um bando de fanfarrões - Buster Keel

0
  • terça-feira, 8 de novembro de 2011
  • Robert Reis
  • Marcadores: , , , ,
  • Dae pessoal! É, hoje o post vai ser bem tardão, porque deu vontade agora! MWAHAHAHA! Hoje eu vou falar sobre um mangá que eu descobri agora, a pouco tempo, na roleta random dos mangás dos sites que eu frequento pra ler online! Tinha um ,tinha outro, mas esse titulo me chamou a atenção, então eu fui ver qualé que era da bagaça MESMO! Tá compreendendo? E eu meio que fui surpreendido no meio do enredo que tomou uma forma um pouco peculiar, pelo menos na minha percepção, com uma estrutura padrão de personagens, buuuuut, uma história, até que diferente das que eu tenho visto ultimamente. Apesar de que eu consigo enchegar uma ponta de Fairy Tail e da série .Hack// nesse mangá, e eu gosto dessas duas séries entãããão... Protagonitas fodões, vilões nem tanto e muitos velhos. Esse é Buster Keel!



    Buster Keel é um mangá Shounen escrito por SAKAMOTO Kenshirou, com o tema "Aventura". Que sempre será só mais uma desculpa esfarrapada pra ter fight nesse tipo de mangá. Não que isso nesse mangá não seja bom, já que as lutas até que são interessantes. Uma coisa curiosa também é a falta de uma máxima dos mangás. A gradação de força dos vilões. Aqui tem um fortinho, daí o outro é mais fortinho, mas o próximo é mais ou menos, daí o outro é fodão, daí o outro é escroto e assim vai. Só quero que tenha a máxima do Protagonista da vida infinita, porque eu fui com a cara desse Keel, mas se acontecer a mesma coisa que aconteceu em Dragon Ball, onde matavam o Goku só pra ele ir treinar com o Senhor Kaio e depois voltar mais fodinha, eu dropo essa bagaça, já aviso. Tem treinadores bons na terra também! Senhor Karin, Senhor Popo, Anderson Silva.


    A história começa com a heróina do mangá, a Ravi (Me lembra a Revy de Black Lagoon, saudades daquele Fan-service! T.T) mendigando nas ruas a sua música em troca de pão e toddynho de morango, até que aparece um cara estranho se achando todo e chamando ela de baranga, lógico que esse já tomou um cotoco no coco (Trava-línguas?) e parou com a graça. Quando ele tinha parado de encher a paciência da protagonista, ele se apresentou como Keel (Quem é o protagonista agora minininha? MWAHAHAHA) e estava atrás de um cara chamado Siva, o qual já tinha acabado de quebrar uma estátua feita em homenagem do jovem. Depois de umas conversas chatas, eles resolvem se juntar pra derrotar um lagarto gigante que se achava rei e era todo metido  a comelão. Eles vencem e resolvem s unir em jornada. No meio deles tem um porco demoníaco,mas ele é tão patético que não merece ser mencionado. No meio do caminho pra Guilda que eles iam, eles encontram um daqueles caras mangazistícos com Síndrome de Sasuke e que não ta nem aí pra ninguém. Esse se chama Blue. E mais pra frente é apresentado como um Demônio da Água, que habita águas doces. E o Keel também é um "monstro", dos raros ainda! Um Dragon Ape. Isso, um Macaco Dragão! O que me lembra ao porco-aranha do filme dos Simpsons. (Porco-aranha, porco-aranha! Menos porco, mais aranha! (8))


    O mangá, atualmente está no capítulo 16, com a incrível média de 47 páginas por capítulo. Eu realmente queria saber por onde é lançado esse mangá. E como esse mangá ainda não tem anime, fiquem com um vídeo de uma música enka pra deixar sua madrugada mais zen:


    Porque músicas de karaokê não fazem sentido? HUASHUHA E é isso por hoje pessoal! See ya!

    0 comentários:

    Postar um comentário

     
    Copyright 2011 OtaKrazy Blog